Google+ Badge

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

---Abandono afetivo, o que é, como ocorre, o que o abandonado(a) sente? (Se segura aí.....1)

 Boa tarde pra todo mundo! Eu estou aqui  hoje, pra falar de um assunto extremamente delicado, que perturba as nossas emoções. Esse tema com certeza vai mexer com você também. Eu estou falando, de  abandono afetivo. Quantos de nós não nos sentimos abandonados ou pelo pai, ou pela mãe, ou pelos dois? Isso geralmente causa tralmas na criança ou no adolecente abandonado, e é muito difícil lidarmos com esta questão.na maioria das vezes, não entendemos  porque o abandono ocorre, e não sabemos em que ele foi basiado. afinal de contas, quando um casamento acaba, os filhos, continuam sendo "filhos." e não deveriam sofrer as consequências de uma relação  fadada ao luto eterno. O pai do meu filho quando deixou a nossa casa em Junho de 2015, disse que o visitaria, que não o deixaria sem amparo, e realmente isso ele cumpre. Não só pagando a penção, mas indo visitar, e ainda brinca com ele. Mesmo que seja por pouco tempo. Mas na minha opinião, ele teria que participar mais da vida  acadêmica do João, deveria se inteirar mais a respeito de seus avansos, e não ir somente cisitar o filho por visitar........ ele tinha que ser mais interessado na vida do filho. ele sempre fala que eu sou uma boa mãe, e que eu dou conta de cuidar do João. Pode ser, mas eu jamais vou conseguir suprir no coração dele, a nescecidade de afeto que ele tem, por parte do pai! as formas de se relacionar com uma criança, são diferentes quando falamos de mãe e pai. mãe geralmente (participa de reuniões de escola; educa;  brinca; cuida quando uma doença aparece; leva no parquinho; chora junto; inventa brincadeiras quando está chovendo; assiste o desenho mais chato do mundo em uma tarde de domingo, envez de descansar ou ver seu programa favorito.
Acorda de madrugada se o filho chamar; ensina a criança a realizar suas tarefas escolares; enche seu pequeno de beijos e abraços, mesmo que ele já considere tudo isso aquele mico básico.........) Já o pai, faz tudo diferente: (joga bola ou assiste um jogo com o filho; leva pra brincar na rua; solta pipa; assiste filme de ação; e o resto, ele sempre  pede pro filho ir procurar a mamãe........) é claro que eu não estou generalizando, existem "mães, e pais.". mas em grande maioria das famílias tradicionais que conhecemos, as coisas se baseiam desta forma. os  pais se preoculpam mais com as questões materiais, são mais provedores do que ligados enmocionalmente com os filhos. afinal de contas, no Brasil que é um país maxista, o comportamento daquele pai que "não deixa faltar nada em casa", é aceitável, visto que muitos entendem este comportamento como forma de amor a família. Eu considero tudo isso obrigação. Tanto de pai quanto  de mãe gente. Nós temos que cuidar, (isso inclue questões financeiras, emocionais e fisiológicas),  devemos proteger, e zelar pelos nossos filhos.............. porque senão fizermos,  podemos esperar o que do mundo? como nossos filhos vão agir mediante a sociedade em que estamos inseridos?  isso tudo é muito complicado, e precisamos nos concientisar de que nenhuma criança vive somente com a nbarriguinha cheia. filhos precisam se sentir cuidados/amados/protegidos.......... e a primeira sociedade em que nossos filhos são inseridos, é a família.... e então vamos fazer bem a nossa parte como pais, por favor! aí vai um link que fala muito sobre o assunto..... e depois eu quero saber que você acha, o que você pensa a respeito......   https://www.youtube.com/watch?v=dG1VJtp1ZGg
muitas vezes nós que somos mães solo, nos  sentimos fadigadas de cobrarmos essa > proximidade daqueles que foram nossos companheiros, daqueles com quem sonhamos construir uma família, daqueles que não estão cumprindo com o papel que os foi delegado a partir do momento em que a criança começou a ser gerada..... e tentamos dar aos nossos pequenos, mais do que temos..... e estamos agindo de forma errada,  porque não vamos conseguir suprir as  inúmeras nescecidades que uma criança tem, falando diretamente do campo emocional. então eu resolvi  postar pra dividir algumas coisinhas com vocês, e automaticamente deixo alguns vídeos para que nos sirvam de conhecimento, e aaí vai mais um., falando para todos os pais agora:
 https://www.youtube.com/watch?v=4moufzm18ys  E agora temos aqui outra diquinha pros pais, (e não se preoculppem, isso também vale pra mim!) https://www.youtube.com/watch?v=yHHyRuPP5tM A minha finalidade em postar todas essas coisas, é que aprender sobre filhos, nunca é demais, e que "o conhecimento a respeito da educação dos nossos filhos, é inesgotável. sempre temos que nos atualizar, e aplicar aquilo que consideiramos de melhor na vida dos nossos pequenos, para que eles sejam adultos mais saudáveis do que nós, principalmente falando do campo emocional....."

Nenhum comentário: