Google+ Badge

terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

--Eu me apaixonei.

Quando meu casamento acabou, eu jamais pensei que teria outros relacionamentos, tamanha era a minha dor, minha decepção. Mas em 2016, eu namorei outro cara. Foi bom, mas por conta de uma mentira dele, terminamos. Ele tratava meu filho super bem, mas nós não tínhamos química alguma. Ele alegava ter, mas eu não me sentia assim não. Mas ficava receosa em falar. Não queria machucá-lo.
Hoje em dia conversamos pouco. Em 2017, eu estive pensando nisso. Já tinha dado a 2ª chanse ao meu ex marido tóxico, porque meu > sonho era que meu pequeno tivesse um pai. Porque eu não tive. Ele era somente provedor. E tinha preconceito com a minha cegueira. E meu ex tinha mudado temporariamente mas não deu certo, e  eu o mandei pro inferno.
Na verdade eu fiz isso mais pelo meu filho do que por mim mesma.
__eu já sei que não é assim. mas em fim. fiz.
Por fim, chegou 2018.
Meu coração se angustiava. Eu queria formar a nossa família com alguém que respeitasse meu pequeno, e que acima de tudo isso, eu o amasse.
Mas nem sabia se poderia, se o encontraria.
Ex que dentro de mim, pulsa um coração cheio depaixão. contra nós está o tempo. talvez seja cedo demais para que eu me sinta assim. mas sinto. meu coração pulsa por ele, e ele alega sentir o mesmo. e o mais estranho, é que jl se familiarisou com ele desde as primeiras conversas, o chamou de tio sem que eu dissesse qualquer coisa, diz que ele é legal, pergunta dele. meu deus, minhas amigas dizem para confiar na intuição de criança. eu só peço a Deus que nos abençoe, e que nos ajude. pois com esse sentimento floressendo  demtro de mim, voltou a vontade de ser feliz, de viver um novo amor, de me casar, de confiar nele..........
#e aí, será que eu posso?

Nenhum comentário: