Google+ Badge

sexta-feira, 2 de maio de 2014

rotina

bom, hoje eu estou um pouco aborrecida. Odeio a rotina na qual a minha vida vem se encaixando. Odeio me sentir totalmente dependente de alguém no campo emocional. às vezes eu odeio pensar  que eu me casei por amor, quando eu o vejo rolar por entre nossa cama rumo ao solo. ele está em 10º lugar, e é claro, às obrigações estão em 1º. Odeio me sentir confusa, odeio me sentir deprimida, odeio quando meus batimentos cardíacos aumentam, e isto tem acontecido com uma grande freqüencia.
Odeio ler um livro com um final triste, mas o que eu leio agora me deixa ecitada e feliz. Logo logo farei a resenha dele por aqui e vocês vam me entender.
Odeio sentir frio, odeio querer pedir ao meu coração que mande alguém pra me abraçar agora!
Parece post de adolescente, não é? Acho que eu ainda não cresci. Mas que importa? É aqui aonde eu posso colocar metade da minha mágoa pra fora, e me sentir mais leve depois.
Agora eu estou cansada dos meus próprios devaneios, e vou terminar de limpar a minha casa, e fazer janta pro meu marido.]
[É nisso que a minha vida se transformou. Na caixinha das obrigações. mas sem diverções.]
Beijos.

Nenhum comentário: