Google+ Badge

domingo, 2 de março de 2014

Coisitas de ceguetas. atualisando minha vida de cozinheira, aprendendo a errar e consertar

Oois galera!!!! hoje eu vim falar sobre eles. Os cegos. Hoje eu vim falar de mim. Ser cega ao longo dos meus 25 anos, não foi lá uma tarefa fácil. eu me lembro que a cada conquista adquirida, eu me sentia extremamente feliz. era como se eu fosse um bebê, que  acabava de conseguir dar mais um passinho. Vocdevem estar se perguntando: Ué, mais que é que ela quer dizer com tudo isso? Queria apenas conversar, e declarar a vocês que por mais que a vida nos atropele com um monte de dificuldades, temos que ter sempre vontade de crescer, de continuar a caminhada, sem olhar pra trás. Todos nós passamos por problemas, temos as nossas limitações, nem sempre acertamos. Mas todos os dias, temos a chanse de recomessar a reescrever a nossa história. Vou contar pra vocês, uma esperiência que eu vivi ontem. isso poderia ter me deixado totalmente frustrada, mas agussou a minha curiosidade, e a minha vontade de conseguir triunfar, mesmo depois de ter feito nhaca!
Ontem eu estava sozinha em casa, (muito bom isso. marido foi trabalhar.) e a suzy estava comigo. e eu sentia muita fome. e eu não gosto de cozinhar e vocês sabem! mas eu não aguentava mais o som da minha barriga: rocrocroc.
Decidi ir fazer um miojo, mas a minha vontade naquela hora, era de comer  um pãozinho caseiro. que *alguns chamam de caseirinho*.
A receita dele  é super símplis, e eu fui colocando seus engredientes na minha máquina de fazer pão, que eu ganhei da minha avó!!!!!!!! (Um presente maravilhoso. Que me ajuda muito.)
E ela faz todo o processo de misturar os engredientes, ou pra quem preferir (batê-los), depois a maça cresce dentro da própria máquina, que por fim, assa aquele pão. Ela tem alguns botões redondos, onde estão selecionadas suas opções. Além de fazer pães, (tanto salgados quanto doces), ela também faz bolos, emfim.
Eu sei que o botão 1, pé pra selecionar a opção "pão". E o botão 2, equivale ao tamanho do pão que você quer. eu sempre aperto uma vez, que acaba caindo na opção de pão médio. embora aqui em casa todos comam muito. *até eu já me sinto mais gordinha. bibibi, deixa isso pra outro poste.*.
Mas eu queria aumentar o tamanho do pão. e como não tinha ninguém aqui pra me dizer se apertar o botão duas vezes equivalia a um tamanho >, eu resolvi arriscar. Bibi, botão apertado, e coloquei a máquina pra funcionar. Enquanto isso, eu ainda fui organisando outras coisas, comi meu miojo, e vi vários videos que já estavam na minha lista. só faltava uma pitadinha de tempo. Essa máquina acaba sendo lenta, por fazer todo o processo do pão sozinha. mas eu não estava com pressa. ainda eram duas da tarde, e eu poderia aguardar para que ele ficasse pronto! o tempo passou, e ( a máquina geralmente mistura essa  maça uma única vez, e ela estava passando pelo mesmo processo pela 3ª vez. será que eu fiz alguma coisa errada?) certeza!
 envez de entrar em pânico, fiquei no aguardo.
O tempo passou, e eu fui até a cozinha. coloquei a mão na máquina, e ela já apresentava uma temperatura aquecida em suas laterais. eu fiquei feliz. isso significava que a maça já estava assando. quando ela concluiu todo seu processo, apitou, para que eu a desligasse e posteriormente retirasse a massa. assim eu fiz. só que ao abrir a tampa coloquei a mão dentro da forma que estava parsialmente quente, e me deparei com uma massa diferente das que eu costumo comer. ela era quadrada, e possuía algumas casquinhas em volta, que me pareciam mais com uma decoração de algum vaso de flor. eu fiquei pensando, que apertar o botão mais de uma vez, poderia ter levado a máquina a produzir um bolo! mas não sabia o que faria. e o meio daquela massa ainda estava precisando de mais um tempinho no forno. grande idéia! coloquei aquele pão quadrado dentro de uma assadeira larga que eu tenho, e essa ganhei de presente da mamãe.
e em seguida liguei o forno, e contei  20 minutos no relógio. claro que eu ia sempre lá dar uma "olhadela no meu pãozinho."
o tempo passou, e já era hora de retirá-lo do forno. eu fiquei esperando ele esfriar, e depois coloquei a mão. a maça estava coberta sim pela casca de pão do seu lado esterior, e seu interior era mesmo de um pão. com direito a miolo e tudo!
Já pensaram se eu tivesse desistido do pão? tivesse jogado ele fora, só por causa de um aperto a mais no botão 2?
Com este pequeno exemplo, eu quero te mostrar que nós não viemos nesse mundo para sermos derrotados. Viemos para venser, e para compartilharmos tudo aquilo de bom que acontecer em nossas vidas. mesmo que inicialmente, o caminho pelo qual você segue, lhe paressa confuso, ou te leve para lugares que você jamais imaginou passar.
O pão ficou tão perfeito, (apesar de ser quadrado e  não redondo), que nem tem mais. Marido comeu demais, eu também, a suzynha também se esbaldou, e com isso eu aprendi que o que realmente valeu nisso tudo, foi a esperiência que eu pude viver, a partir de uma curiosidade que eu tinha: será que eu consigo aumentar meu pão?
Eu aprendi muito com isso. A não levar as coisas a ferro e fogo sabe. Porquê isso só desgasta o meu emocional, e não me acrescenta nada. Me sinto feliz por compartilhar isso com vocês. Foi mais uma conquista pra mim. Superar o erro do pão, que se transformou em uma super refeição depois.
Beijos. Em breve eu retornarei!

5 comentários:

Erika Souza disse...

vdd amiga superar os obstáculos sempre...sou deficiente fisica e sei como é isso
seguindo teu blog retribui?
www.portaldebeleza.com

Erika Gm disse...

Olá flor,adorei o post e amei o modo que você escreve,achei super interessante e continue assim com o blog.
Beijos
http://nadadecontodefadas.blogspot.com.br/

dorinnha radashy disse...

Meninas primeiramente obrigada pelos comentários, e estou seguindo as duas..... obrigada por me seguirem também.

Fernanda!!!! disse...

Ois dona cozinheira!!!!!!!
Parabéns amor por ter conseguido superar suas próprias dificuldades!!!!
Esse pão deve mesmo ter ficado perfeito!!!!!!!
Queria provar!!!!
Mais na vida é assim mesmo: cada dificuldade surge para ver se conseguiremos ultrapassá-las!!
E graças a Deus você ultrapassou todas as dificuldades ao longo dos teus 25 anos de vida, você é mesmo uma vencedora!!!!
Parabéns!!!!!!!!!!!!!!

dorinnha radashy disse...

aaai fer. todas nõ..... ainda me faltam algumas. semana que vem eu vou ter que escrever sobre o preconceito. mas eu acho que vou fazer uma coluna no blog pra falar disso. bom, vc confere depois a atualização desse mundo que não morre! eu até quis deletar ele + vai que um dia ele é importante pra alguém? então deixa aqui. kkk