Google+ Badge

terça-feira, 23 de junho de 2015

MDS agora.

você deve estar se perguntando: que título é esse? mãe deficiente visual, e souteira.
pois ´é. depois de ter postado inúmeras vezes a respeito do comportamento do pai do meu filho, digo a vocês que ele se foi..... e por quê?
1º Desde quando eu estava grávida, ele não nos aceita. sempre alegava que não havia nascido pra ser pai, e que (a minha gestação), fez com que ele descobrisse isso. Não dormia comigo alegando que "na minha cama já havia outro homen, que estava dentro da minha barriga. para que eu ia querer outro?" Quando o neném nasceu, ele jamais levantou anoite pra me ajudar a cuidar dele e de suas cólicas intermináveis, jamais lansou sob o filho uma palavra de consolo ou conforto. O que ele fazia era chingar o menino de manhoso; chato; inconstante; porco; cagão; mijão; chorão...........
2º Não me ajudava dentro de casa. Ele passou a > parte da minha gestação (que era de risco), na casa dos parentes dele. nunca estava presente em uma consulta minha de pre-natal, ou na realisação de um ultrasson.
*não quero dizer que ele não podia ir pacear. Sim, podia. + quase todos os domingos? absurdo. e eu ficava aqui sozinha, com o filho dele na barriga!!!!!!!
se acontecesse  algo, ele ia saber, + só depois........
3º ele dizia que não me amava +, e nem sentia amor pelo filho. então como continuar assim esse casamento?
eu não sou perfeita. confesso que eu cuidei sim muito + do meu filho do que de qualquer outra coisa, + eu sou mãe! e também era mulher dele. a casa sempre estava limpa, e a comida feita. independente dele chegar de bom ou mau humor, independente dele amar o filho ou não............ e que ele queria que eu fizesse? que rejeitasse meu filho em nome de uma suposta felicidade que ele pregava? não. se Deus ouviu minhas horações e me deu esse filho, minha obrigação era cuidar dele! não deixá-lo a própria sorte!
quantas e quantas vezes tentei colocar o menino em seu colo, e o que dava??? "  *o joão lucas ainda não fica durante um períldo longo no colo do pai dele, que por enquanto baixou a guarda e ta se fingindo de bom moço.
 Semana seguinte:
* ele ficou quarta-feira e quinta no colo do pai, mas ontem em 7 minutos ele ja tinha comessado a chorar. isso realmente não muda.
Semana seguinte:
 e falando do pai dele, ontem dia 21, ele disse que não gosta da atenção  que as pessoas dão pro João Lucas.. incluindo o ppai dele e os irmãos..
Semana seguinte: *  vc tem que ver diário como o menino chorou no colo dele. eu fiquei com muita dó. saía da sala pra não ver ele sofrendo. eu já tentei demais aproximar os dois, + não adianta.
Semana seguinte: 
hoje o jl chorou menos no colo do pai dele. mas ele fica irritado com ele.)
4º desda época da minha gestação que o problema é o mesmo, leia abaixo as frases do pai:
" ontem ele disse que não é apegado com o joão lucas. pode ser por isso que ele não estabelessa vínculos com a criança. mas eu também tenho que parar de insistir com isso. se ele não quer, é ele quem perde e não eu... isso pq eu ainda não te falei diário, que ele tem a capacidade de regeitar o único filho que deus lhe deu. ele não ama o joão lucas.
eu sempre tentei aproximar os dois, sempre fico falando pra ele colocar a mão na minha barriga mas ele não muda sabe. se eu não falo, ele não coloca, ele não se manifesta. eu tô parecendo mãe souteira. antes fosse, né? pelomenos tudo isso tinha um motivo. uma explicação. um porquê.
e isso me dói muito. eu fico disisperada, eu choro. pq eu já fui regeitada, e eu sei o quanto tudo isso machuca. e ele não me ajuda com nada, ele não faz nada.
____*
eu cansei de sofrer. de chorar, de me lamentar por algo que não tem + solução.
ele me ligou no dia 14/06, alegando querer notícias do filho que ele mesmo rejeita. e me ligou ontem dia 22, relatando a mesma coisa, e disse que daqui a duas semanas vem visitar o bebê. + eu só permitirei que a visita seja feita, se ele vier acompanhado pelo pai ou por 1 dos irmãos, por conta da ameassa que ele fez. e ele deu no dia 19, o vale dele que era o que havíamos combinado, enquanto não sai o divórsio. eu me sinto super mal em saber que ele vai voltar a pisar nessa casa, que ele vai dar uma de paisão sendo que não é, + eu preciso deixar ele ter contato com o joão lucas assim como eu sempre fiz, 1º pq isso pode me prejudicar durante o processo. ainda mais ele se fazendo de vítima como faz. e 2º, pq meu filho pode me cobrar isso futuramente. então eu preciso registrar tudo para que ele tenha provas de que tentativas foram feitas. + o pai dele não quis mudar. e 3º pq ele deu a penção do menino. então não da pra  suspender a visita. e de coração mesmo, eu não quero que ele odeie o pai nem nada disso. quero que eles tenham vínculo, + eu estou muito machucada pra vê-lo de novo. depois de muito sofrimento.  totalmente disnescessário. ele podia ter sido um super pai, um bom marido, e ainda estaria aqui. acompanhando o crescimento do filho, e zelando pelo nosso casamento. + as coisas não foram assim, e temos que encarar a realidade. finich! chega de coisas tristes!
esses são trechos extraídos do meu diário, que servem para que você note como o pai do meu filho fez mal

Um comentário:

Fernanda!!!! disse...

Ois fia!
Realmente, o pai do João Lucas não fez seu papel de pai.
Não basta somente mantê-lo financeiramente, mais e o afeto? E o carinho? E o amor? Infelizmente, ele não soube dar isso a seu único filho.
Ele é só um bebê, e não tem culpa de ter um pai que não quer sua presença na vida dele. Ele não pediu para ser rejeitado, e acaba sendo sem ao menos entender o porquê.
Ser rejeitado dói, é uma dor que por mais que os anos passem nunca vai embora.
Você fez bem sim em autorizar as visitas somente se forem acompanhadas por alguém da casa dele, pois se ele já rejeitou o filho antes, pode querer fazer algo contra o bebê, sei lá, a gente não sabe o que se passa na mente dele.
Onde já se viu, ter ciúmes de um bebê/ Pelo amor de Deus, que criancice!
Não dava mesmo pra você prosseguir nesse casamento não.
O papel de pais do JL ainda pertence aos dois, mais você merece ficar livre dele como seu marido, já que nem pra isso ele estava prestando!
Tomara que agora as coisas melhorem por aí!
Precisando, tô aqui!
Beijos para vocês!