Google+ Badge

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

-- mensagens para refletirmos no carnaval.--

oi galera!!!!! bom, como falar de mim cansa, e como teremos aí uma pausa pra descansarmos, vou deixar aqui algumas mensagens que eu considero importantes que eu estraí da pasta winvox do programa dosvox, pra que vocês e é claro, pra que eu também possa pensar a respeito do que é dito.
vamos la>>>>>>
desejo a você um super carnaval. divirta-se, e não se esquessa de se previnir de  problemas indesejados..... seja em qualquer aspécto.<<<<<


1ª mensagen:
ÁRVORE DOS PROBLEMAS



    Esta é uma história de um homem que contratou um carpinteiro para
ajudar a arrumar algumas coisas na sua fazenda.

    O primeiro dia do carpinteiro foi bem difícil. O pneu da seu carro
furou. A serra elétrica quebrou. Cortou o dedo. E ao final do dia, o seu
carro não funcionou.

    O homem que contratou o carpinteiro ofereceu uma carona para casa.
Durante o caminho, o carpinteiro não falou nada.

    Quando chegaram a sua casa, o carpinteiro convidou o homem para
entrar e conhecer a sua família.

    Quando os dois homens estavam se encaminhando para a porta da
frente, o carpinteiro parou junto a uma pequena árvore e gentilmente
tocou as pontas dos galhos com as duas mãos.

    Depois de abrir a porta da sua casa, o carpinteiro transformou-se.

    Os traços tensos do seu rosto transformaram-se em um grande sorriso,
e ele abraçou os seus filhos e beijou a sua esposa.

    Um pouco mais tarde, o carpinteiro acompanhou a sua visita até o
carro.

    Assim que eles passaram pela árvore, o homem perguntou:

    - Porque você tocou na planta antes de entrar em casa ???

    - Ah! esta é a minha Árvore dos Problemas.

    - Eu sei que não posso evitar ter problemas no meu trabalho, mas estes
problemas não devem chegar até os meus filhos e minha esposa.

    - Então, toda noite, eu deixo os meus problemas nesta Árvore quando
chego em casa, e os pego no dia seguinte.

    - E você quer saber de uma coisa?

    - Toda manhã, quando eu volto para buscar os meus problemas, eles não
são nem metade do que eu me lembro de ter deixado na noite anterior.

(Autor Desconhecido)

2ª mensagen:

Deixe a raiva secar...


    Mariana ficou toda feliz porque ganhou de presente um joguinho de
chá, todo azulzinho, com bolinhas amarelas.

    No dia seguinte, Júlia sua amiguinha, veio bem cedo convidá-la para
brincar.

    Mariana não podia, pois iria sair com sua mãe naquela manhã.

    Júlia então, pediu a coleguinha que lhe emprestasse o seu
conjuntinho de chá para que ela pudesse brincar sozinha na garagem do
prédio.

    Mariana não queria emprestar, mas, com a insistência da amiga,
resolveu ceder, fazendo questão de demonstrar todo o seu ciúme por
aquele brinquedo tão especial.

    Ao regressar do passeio, Mariana ficou chocada ao ver o seu
conjuntinho de chá jogado no chão.

    Faltavam algumas xícaras e a bandejinha estava toda quebrada.

    Chorando e muito nervosa, Mariana desabafou:

    - Está vendo, mamãe, o que a Júlia fez comigo?

    Emprestei o meu brinquedo, ela estragou tudo e ainda deixou jogado
no chão.

    Totalmente descontrolada, Mariana queria, porque queria, ir ao
apartamento de Júlia pedir explicações.

    Mas a mãe, com muito carinho ponderou:

    - Filhinha, lembra daquele dia quando você saiu com seu vestido novo todo
branquinho e um carro, passando, jogou lama em sua roupa?Ao chegar em
casa você queria lavar imediatamente aquela sujeira, mas a vovó não
deixou. Você lembra o que a vovó falou?

    - Ela falou que era para deixar o barro secar primeiro. Depois ficava
mais fácil limpar.

    - Pois é, minha filha, com a raiva é a mesma coisa. Deixa a raiva secar
primeiro. Depois fica bem mais fácil resolver tudo.

    Mariana não entendeu muito bem, mas resolveu seguir o conselho da
mãe e foi para a sala ver televisão.

    Logo depois alguém tocou a campainha. Era Júlia, toda sem graça, com
um embrulho na mão. Sem que houvesse tempo para qualquer pergunta, ela
foi falando:

    - Mariana, sabe aquele menino mau da outra rua que fica correndo atrás
da gente? Ele veio querendo brincar comigo e eu não deixei. Aí ele ficou
bravo e estragou o brinquedo que você havia me emprestado. Quando eu
contei para a mamãe ela ficou preocupada e foi correndo comprar outro
brinquedo igualzinho para você. Espero que você não fique com raiva de
mim. Não foi minha culpa.

    - Não tem problema, disse Mariana, minha raiva já secou.

    E dando um forte abraço em sua amiga, tomou-a pela mão e levou-a
para o quarto para contar a história do vestido novo que havia sujado de
barro.

Moral da História:

    Nunca tome qualquer atitude com raiva. A raiva nos cega e impede que
vejamos as coisas como elas realmente são. Assim você evitará cometer
injustiças e ganhará o respeito dos demais pela sua posição ponderada e
correta diante de uma situação difícil.

Lembre-se sempre: Deixe a raiva secar!

3ª mensagen:

A FITA MÉTRICA DO AMOR

    Como se mede uma pessoa? Os tamanhos variam conforme o grau de
envolvimento. Ela é enorme pra você quando fala do que leu e viveu,
quando trata você com carinho e respeito, quando olha nos olhos e sorri
destravado. É pequena pra você quando só pensa em si mesmo, quando se
comporta de uma maneira pouco gentil, quando fracassa justamente no
momento em que teria que demonstrar o que há de mais importante entre
duas pessoas: a amizade.

    Uma pessoa é gigante pra você quando se interessa pela sua vida,
quando busca alternativas para o seu crescimento, quando sonha junto. É
pequena quando desvia do assunto.

    Uma pessoa é grande quando perdoa, quando compreende, quando se
coloca no lugar do outro, quando age não de acordo com o que esperam
dela, mas de acordo com o que espera de si mesma. Uma pessoa é pequena
quando se deixa reger por comportamentos clichê

    Uma mesma pessoa pode aparentar grandeza ou miudeza dentro de um
relacionamento, pode crescer ou decrescer num espaço de poucas semanas:
será ela que mudou ou será que o amor é traiçoeiro nas suas medições?

    Uma decepção pode diminuir o tamanho de um amor que parecia ser grande. Uma
ausência pode aumentar o tamanho de um amor que parecia ser ínfimo.

    É difícil conviver com esta elasticidade: as pessoas se agigantam e
se encolhem aos nossos olhos. Nosso julgamento é feito não através de
centímetros e metros, mas de ações e reações, de expectativas e
frustrações. Uma pessoa é única ao estender a mão o recolhê-la
inesperadamente, se torna mais uma. O egoísmo unifica os
insignificantes.

    Não é a altura, nem o peso, nem os músculos que tornam uma pessoa
grande. É a sua sensibilidade sem tamanho.

Martha Medeiros
PS:
Espero que essas 3 mensagens tenham lhe acrescentado algo. eu aprendi muito com elas, e espero conseguir aplicar. a vida fica mais leve,e  a alma mais feliz!

Um comentário:

estrelinha disse...

lindas!!! a segunda não lembro se ainda tenho mais a da fita métrica e a da árvore tenho sim!!! fazem agente pensar muito!!!